Volta à Ilha de Cozumel - México

Está indo para Cozumel e quer dicas da melhor forma de conhecer os melhores pontos? Como a Ilha é bem grande e tem praias de todos os estilos ao longo da costa, a melhor opção é fazer uma volta completa. Dá para fazer em um dia, e se for ficar mais tempo, depois pode voltar onde mais gostou.

A rodovia que circula quase toda a costa da Ilha tem 65 Kilômetros, mas se visitar os parques de San Gervásio e Punta Sur vai percorrer quase 100 km no passeio.

 

Como fazer a Volta à Ilha?

 

Existem basicamente quatro formas de fazer a Volta à Ilha.

 

Táxi

A mais comum entre os turistas americanos é contratar um taxi, que sai 20 dólares por pessoa (e há vans se o grupo é grande). O motorista fica por conta do grupo o dia todo, pára onde o grupo quiser. A vantagem é poder beber sem se preocupar em dirigir. No final, ele ainda esperará uma gorjeta, prática a que não estamos muito acostumados no Brasil.

 

Carro alugado

Essa é a maneira mais charmosa para mim. Até porque há várias lojas que alugam fuscas conversíveis para fazer o passeio. É fornecido um mapa no momento do aluguel, e na ilha é muito fácil se localizar e locomover.

Carteira de motorista é exigida, a nacional mesmo é suficiente. Também é solicitado um depósito garantia no cartão de crédito, que é estornado ao final.

 

Moto

Você vai ver muitas motos em Cozumel. Principalmente daquelas vespinhas pequenas. É uma dessas que eles alugam para os turistas. A vantagem é o preço mais em conta e a economia no combustível.

É necessário ter responsabilidade ao alugar uma dessas. Se você não tem experiência, melhor evitar. Também cuidado com o excesso de velocidade. Há muitos acidentes com turistas inexperientes ou que abusaram dos limites da rodovia.

Algumas locadoras disseram que me alugariam a moto, mesmo eu afirmando não ter carteira. A locadora onde aluguei o carro disse que não. Me passou muito mais confiança pela preocupação comigo. Pense nisso. Se não tiver carteira, mesmo que ofereçam, melhor evitar.

 

Bicicleta

De bicicleta não é nada fácil. São 56 quilômetros, e há trechos grandes desertos. Só recomendado para quem tem prática e bom preparo físico.

Na ilha são realizadas provas de Iron Man, e há muitas pessoas treinando. Na competição, são feitas três voltas à ilha em bicicleta. Por este motivo, em quase toda a rodovia há estrutura da ciclovia, embora não seja raro ver carros transitando nelas. Nos mesmos locais de aluguel de carro e moto, é possível encontrar bicicletas para alugar.

 

 

Melhor sentido

Para fazer a volta à Ilha você pode começar pelas praias voltadas ao continente, depois passar pela ponta sul, visitar as praias voltadas ao mar do caribe, e por fim cruzar a ilha pelo meio passando pelas ruínas de San Gervásio até o centro. Esse parece o sentido mais óbvio, e eu acabei fazendo assim na maioria das vezes.

 

 

Contudo, se você quer visitar as ruínas de San Gervásio, que ficam bem no centro da Ilha, melhor fazer no sentido horário e começar cruzando a ilha pelo meio, depois passar pelas praias voltadas ao Oceano, e terminar com a costa voltada ao continente. Isso porque as ruínas fecham às 15h30, então se deixar para o final não dá tempo.

O por do sol  é voltado ao continente. Como a cidade também fica nesta parte da ilha, de qualquer maneira ao fim do dia você chegará a tempo de assistir ao espetáculo.

 

Paradas

 

Os 65 km da volta à ilha são recheados de praias, parques, ruínas, cenotes, etc. Vou apresentar uma sugestão de parada para quem quer aproveitar o dia e otimizar o tempo para conseguir ver quase tudo. Vou apresentá-las na ordem de quem faz a volta no sentido horário. Se quiser fazer no antihorário, os últimos serão os primeiros, e vice-versa! 🙂

 

San Gervasio

Fazendo uma oferenda à deusa Ixchel em San Gervasio

Fazendo uma oferenda à deusa Ixchel em San Gervasio

 

 

San Gervásio são as ruínas de Cozumel. Era o local de culto à deusa maia Ixchel, deusa da fertilidade. Todos os anos, eram realizadas peregrinações em seu louvor.

Além do monumento à essa divindade, você poderá visitar outros prédios importantes do tempo pré-colonial, os caminhos brancos - sacbé - que cortavam toda a ilha e levavam ao monumento a Ixchel, e que por refletirem a luz da lua podiam ser percorridos a noite.

As ruínas não são as mais impressionantes do México, nem mesmo da região. Mas o que eu mais gostei foi que por serem mais simples, são bem menos visitadas, o que torna a experiencia bem bacana. Você tem uma pirâmide só para você, pode fazer um pedido e uma oferenda para a deusa Ixchel sem pressa!

 

Mezcalitos

Mezcalitos

Mezcalitos

No sentido horário, Mezcalitos é o primeiro ponto de praia no lado leste da Ilha. É uma praia bem rochosa e com ondas fortes. Nem sempre o banho é recomendado neste ponto. Há restaurantes e lojas de artesanato. Pode ser uma parada breve.

 

Playa San Martín

Playa San Martín

Praia San Martín

Eu não sei se esta é a praia mais bonita de Cozumel, mas é a que mais me marcou e a minha preferida. É a primeira praia livre de fumo no México. É uma extensa e larga faixa de areia, e a única barraca de praia fica cruzando a rodovia, o que deixa a areia toda livre e uma impressão de praia deserta.

O mar é do mais puro azul caribenho de nosso imaginário e quase sempre permite o banho. Atenção para as bandeiras vermelhas que demonstram locais de correnteza, que devem ser evitados.

 

El Mirador

IMG_1183 pp-1

El Mirador

 

El Mirador é o ponto mais oriental do México, mais a leste. É onde o México começa. É uma praia com formações rochosas mar a dentro formando belas paisagens. Há redário e lojas de artesanato.

 

Playa Chen Rio

Praia Chen Rio - As pedras formam piscinas naturais

Praia Chen Rio - As pedras formam piscinas naturais

Essa é a praia preferida dos Cozumelenhos. As pedras formam piscinas naturais ótimas para as crianças. Há barracas de praia. Se for fim de semana, vai estar bem cheia de pessoas locais. Pode ser interessante para aprender um pouco sobre como os mexicanos curtem a praia. Achei super engraçado ver gente com barracas de camping para se proteger do sol.

Chen em maia significa pequeno, então o nome da praia quer dizer rio pequeno.

 

Playa Bonita

Uma praia que faz jus ao nome. Contudo a faixa de areia é pequena. Há um restaurante.

 

Punta Sur

Lagoa e Mar do Caribe em Punta Sur

Lagoa e Mar do Caribe em Punta Sur. Vista do Farol Celarain.

Organize a sua viagem reservado bastante tempo para a Punta Sur. É um parque estadual bem grande, com várias praias e lagoas. Algumas das praias mais lindas de Cozumel estão neste parque.

É cobrada a entrada, que dá direito a um passeio de barco em uma das lagoas para observar crocodilos.

Bem na entrada há uma lagoa com uma torre de observação, de onde se tem uma bela vista desta parte da ilha. Um pouco mais à frente há um farol que também permite a subida, e oferece uma vista 360 graus.

Há restaurantes, e um redário bem convidativo a tomar uma siesta.

Se você tiver mais dias em Cozumel, talvez valha a pena não incluir Punta Sur na Volta à Ilha, e voltar com um dia inteiro só para curtir o parque.  Neste caso, no dia da volta à ilha, curta os bares do lado de fora que também são bem bacanas.

 

Playa Corona

Barreira de Corais de Cozumel na Praia Corona

Barreira de Corais de Cozumel na Praia Corona

Playa Corona é, na minha opinião, o melhor ponto de snorkel de Cozumel. Os recifes estão bem próximos à praia, facilitando para quem não tem muita experiência.

Para chegar é preciso pegar a via marginal quando está do lado oeste da ilha, voltado para o continente.

 

Money Bar

Por do Sol no The Money Bar

Por do Sol no The Money Bar

Viajando no sentido horário, o Money bar é uma boa alternativa para assistir ao por do sol, já bem próximo à cidade. Se for domingo, no fim da tarde tem música ao vivo.

Se fizer no sentido anti-horário, começando pela costa voltada ao continente, é uma boa opção de primeira parada para tomar um café da manhã reforçado.

 

Em qualquer sentido, com qualquer meio de transporte, a volta à ilha de Cozumel é a melhor maneira de visitá-la. É quando você pode ter a idéia geral da beleza guardada neste pedaço do caribe.

Existem vários outros pontos em que você pode parar, e ter uma experiência própria, com as devidas surpresas.

 

 

Leia Mais sobre Cozumel:

Como Chegar a Cozumel

O que fazer em Cozumel?

Temazcal: o banho de vapor pré-hispânico no México

 

3 comentários

  1. O que fazer em Cozumel? - Planejo Viajar 15 junho, 2015 at 08:57 Responder

    […] Sugiro fazer a volta no sentido horário, porque as ruínas de San Gervásio – que neste sentido são o primeiro ponto de parada – fecham às 15h30. Assim, se deixar para o final não dará tempo, ou terá que ficar bem menos tempo nas demais paradas.Veja mais dicas para a volta à ilha aqui. […]

Deixe uma resposta