O que fazer em Cozumel?

Cozumel é uma ilha no Caribe Mexicano, próxima a Cancun, conhecida pela beleza de seus recifes de coral, que se tornaram famosos depois da visita de Jaques Costeau na década de 60. Desde então o turismo cresceu, e hoje existem vários resorts, clubes de praia, lojas de artesanato, lojas de marcas internacionais, restaurantes, e parques. Ali fazem paradas vários navios de cruzeiro partindo dos Estados Unidos.

É a terceira maior ilha do país, e as opções para o turista são muitas, para quem vai passar um dia, ou para quem vai ficar por mais tempo. Eu passei quase três meses em Cozumel no início de 2014, fazendo um trabalho de diagnóstico turístico no norte da Ilha. Deu tempo de passear um montão, e mesmo assim há lugares não visitados para justificar meu retorno em breve. 😉

Mergulhar

Como não podia deixar de ser, começo pelo mergulho. Esse foi o principal motivo de eu ter escolhido Cozumel para ficar por tanto tempo quando fui ao México. A fama de seus recifes despertaram minha curiosidade anos antes.

Todo o litoral oeste da Ilha, voltado ao continente, é uma grande barreira de corais. Essa barreira começa em Cozumel e vai até Honduras, sendo considerada a segunda maior do mundo, atrás apenas da Grande Barreira Australiana.

Há várias lojas de mergulho na ilha. Eu fiz amizade e mergulhei todas as vezes com a Blue Magic. Recomendei para várias pessoas enquanto estava lá. Inclusive se for mergulhar com eles, diz que foi indicação da Ana brasileira. hehehe

Os corais são um patrimônio da humanidade, e são um dos ecossistemas mais frágeis do mundo. Lembre-se de tomar cuidado para não toca-los enquanto mergulha!

Volta à ilha

Há uma rodovia que dá a volta quase completa na Ilha. Ela tem a extensão total de 56 km e é toda asfaltada, com ciclovia em vários trechos. Como a rodovia circula a ilha pela costa, a volta completa passa por praias, mirantes e, no centro da ilha, pelo sítio arqueológico de San Gervásio.

O passeio pode ser completado em um dia com várias paradas e permite ter uma idéia geral do que Cozumel oferece. Pode ser feita em carro, moto e, para os mais animados, bicicleta. Há lojas que alugam fuscas conversíveis super divertidos. Para motos, nem sempre eles exigem carteira de motorista, mas eu não recomendo se você não tiver um ou não tiver experiência. Há muitos acidentes com turistas inexperientes.

Sugiro fazer a volta no sentido horário, porque as ruínas de San Gervásio - que neste sentido são o primeiro ponto de parada - fecham às 15h30. Assim, se deixar para o final não dará tempo, ou terá que ficar bem menos tempo nas demais paradas.Veja mais dicas para a volta à ilha aqui.

Isla de la Pasión

É um clube de praia que fica em uma ilha ao norte de Cozumel. Oferece diversas atividades, como banana boat, quadriciclo, brinquedos infláveis na praia. Também organizam cerimônias de casamento.

Para chegar até lá, pode-se tomar um taxi até o norte da Ilha, passando por um trecho de estrada de terra, e então tomar um barquinho; ou tomar um taxi aquático.

 

Ruínas de San Gervásio

San Gervasio

San Gervasio

Cozumel era um importante destino durante o apogeu do povo maia. Era local de culto à deusa Ixchel, deusa da fertilidade. Todos os anos, eram realizadas peregrinações em seu louvor.

Toda a ilha era cortada por sacbés - caminho branco, em maia - que eram estradas com revestimento branco para refletir a luz da lua e permitir viagens noturnas.

As ruínas não são as mais impressionantes do México, nem mesmo da região. Mas o que eu mais gostei foi que por serem mais simples, são bem menos visitadas, o que torna a experiencia bem bacana. Você tem uma pirâmide só para você, pode fazer um pedido e uma oferenda para a deusa Ixchel sem pressa! Eu contei mais sobre esse passeio aqui.

Nado com golfinhos

Essa atividade é bem famosa no caribe mexicano, em Cozumel, Cancun, Playa del Carmen, etc. Em Cozumel há pelo menos dois estabelecimentos que oferecem o passeio.

Pessoalmente sou contra esse tipo de atividade, mas deixo registrado para quem estiver interessado.

Museo de la Isla

No Museu da Ilha há quatro salas com exposições sobre a geomorfologia, as espécies de corais, outras espécies animais e a história da ilha. Confesso que deixei para ir no último dia pois achei que não seria tão interessante. Me enganei. Curti bastante a visita.

É bem fácil de chegar. Está no Malecón, a avenida beira-mar, bem próximo à praça central.

Playa Corona

Barreira de Corais de Cozumel na Praia Corona

Barreira de Corais de Cozumel na Praia Corona

Este é um clube de praia bem simples, porém fica em frente a um dos melhores pontos de snorkel da Ilha. Eu demorei a descobrir este lugar, e quando fui fiquei encantada.

El Cielo

Esse é um dos passeios mais lindos em Cozumel. É um banco de areia cheia de estrelas do mar, por isso o nome. Para chegar lá é preciso pegar uma lancha.

 

Punta Molas

Esse é o lugar mais remoto e menos visitado de Cozumel, de difícil acesso. Há apenas um senhor que opera passeios privados para lá, com reserva antecipada e confirmação de acordo com o clima.

É o ponto mais ao norte da Ilha, onde há um farol abandonado. No caminho para lá, ele para nas lagoas do norte, recifes de coral exclusivos, e faz uma breve caminhada por uma zona deserta. Vale pelas paisagens e pelo serviço personalizado.

Temazcal

Entrando - Foto: Temazcal Cozumel

Entrando - Foto: Temazcal Cozumel

Temazcal é uma sauna de origem pré-hispânica, que mistura o banho de vapor com um ritual de meditação e reflexão. Foi uma das experiências mais bacanas que eu tive em Cozumel. Foi importante para a minha saúde, pois o vapor ajuda a liberar toxinas e gordura (no momento e nos dias seguintes); e para a minha mente, pois me permitiu ter um encontro comigo mesma e pensar em várias coisas da minha vida.

É bacana viver algo tão marcante e tão significativo da história e cultura mexicanas. Eu contei mais sobre a experiência aqui.

 

Restaurante La Perlita

Este restaurante tem um menu especial de Pez León. É um peixe invasor que causa problemas em várias regiões do caribe. Por não ter predadores naturais, em alguns casos há superpopulação prejudicando o desenvolvimento das espécies nativas.

A única maneira de controlar o Péz Leon é pescando. A vantagem é que ele é bem apetitoso, o que você pode conferir no Restaurante La Perlita. Todas as quintas-feiras, qualquer prato de Pez Leon está em promoção de 2x1.

Pesca Esportiva

A atividade também é realizada no norte da ilha. O contato com os membros da cooperativa que opera o passeio não é muito fácil, já que não tem site, telefone ou sede.

Uma das modalidades mais praticadas é o fly fishing, feito com uma linha mais grossa e iscas artificiais. Muitas vezes a pesca é feita nas lagoas, onde os pescadores vão caminhando com água na altura do joelho, uma paisagem linda.

Punta Sur

Lagoa e Mar do Caribe em Punta Sur

Lagoa e Mar do Caribe em Punta Sur

Como o próprio nome diz, a Punta Sur é o ponto mais ao sul de Cozumel. É um parque estadual, onde há praias e lagoas. O Faro Celarain também fica aqui, onde do topo tem-se uma visão 360° da zona. Talvez seja um dos lugares mais bonitos de Cozumel.

É cobrada a entrada, e inclui um passeio de barco em uma das lagoas onde é possível avistar crocodilos. No local é possível fazer snorkel, caiaque, ou apenas relaxar em redes à beira da praia. Há serviço de restaurantes.

Se for ficar vários dias na ilha, reserve ao menos um para passar na Punta Sur.

Money bar

É um dos melhores clubes de praia de Cozumel. É um bar e restaurante na beira da praia, em que nos fins de tarde de domingo tem música ao vivo até depois do por do sol.

Para passar o dia, oferece aluguel de snorkel,locker e bicicletário. Bem próximo à orla estão recifes naturais e alguns artificiais (quando naufragam propositalmente algum objeto para servir como ponto seguro para o surgimento de corais).

2 comentários

  1. Karla Maria Corrêa 19 janeiro, 2017 at 15:36 Responder

    Ana, estou adorando as dicas do seu blog, obrigada! Vou em junho/julho com meu marido, nós mergulhamos, mas vão também meu pai e a namorada dele. Queremos muito mergulhar em Cozumel, mas gostaria de ficar em um lugar que fosse bom para eles enquanto mergulhamos. Onde você sugere hospedar. Nossa viagem começará na Cidade do México e de lá sairemos de carro passando por Puebla, Oaxaca, San Cristobal, Palenque, Campeche, Mérida, Tulum, Playa del carmem e Cozumel. Não consegui achar o valor para atravessar para Cozumel de carro, mas vou pesquisar mais. Se tiver ideia, por favor me fala. Obrigada, Karla

    • Ana Beatriz 4 fevereiro, 2017 at 18:23 Responder

      UAu, Karla, vocês vão amar este trajeto! Foi exatamente o que eu fiz só que no sentido contrário. Cozumel é ótimo mesmo para quem não está mergulhando, tem várias outras atividades!

      Se o carro for alugado de repente vale a pena entregá-lo em Playa del Carmen e alugar outro na ilha. Os horários para cruzar de carro são poucos e é meio carinho. Veja as tarifas aqui http://www.transcaribe.net/

Deixe uma resposta