Dicas para visitar San Andrés - Colômbia

Atualizado em 27/08

A Colômbia está sendo cada vez mais visitada por brasileiros. E entre os destinos preferidos está a ilha de San Andrés, no mar do Caribe, próximo à Nicarágua.

E agora, com o acordo entre o governo colombiano e as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) espera-se que o turismo seja mais favorecido e os turistas sejam ainda mais atraídos pelo país.

Como chegar a San Andrés

É fácil chegar! Há voos diretos das maiores cidades colombianas. Com 26 km² e cerca de 67 mil habitantes, San Andrés é a principal ilha do departamento que inclui também Santa Catalina e Providencia. Já foi ponto de “apoio” para piratas que roubavam os navios espanhóis carregados com ouro e outras riquezas. O mais famoso é o inglês Henry Morgan, que “trabalhou” por lá no século XVII.

Como foi colonizada por ingleses, na ilha os habitantes falam espanhol, inglês e o Creole – um dialeto local que é uma mistura de vários idiomas. Essa dupla colonização da ilha deixou como marca uma proximidade com as cores nacionais e a música da Jamaica. É comum encontrar barracas de praia decoradas em verde, amarelo e vermelho, além de retratos e o som de Bob Marley.

Barracas da Praia de San Luis

Barracas da Praia de San Luis: cores da Jamaica denunciam influência do país vizinho (Foto: Ana Beatriz Serpa)

San Andrés é conhecida por seu mar de sete cores. Como há muitos recifes de corais no entorno da ilha, a cor do mar parece ser manchada. Por este mesmo motivo é muito procurada para mergulho - tanto a flutuação com snorkel (flutuação) na beira da praia como o mergulho autônomo com cilindro.

O destino é bem popular na Colômbia, você não encontrará um paraíso exclusivo. A vantagem é que terá muitos serviços à disposição por um preço acessível. Por exemplo, eu optei por fazer o curso de mergulho lá por ser o mesmo preço de fazer em Brasília (com a diferença de que as aulas práticas em Brasília são no Lago Paranóa, e em San Andrés são no mar do Caribe!)

 

Informações úteis

Casas de Câmbio

Em San Andrés não achei casas de câmbio com facilidade. Troquei no Bancolômbia, com taxas não favoráveis. Veja se é possível levar dinheiro suficiente para a sua estadia. Cartões de crédito são aceitos no comércio, nos restaurantes.

Passagem de volta

Mantenha a sua passagem de volta impressa à mão quando chegar. Há um controle de visitação no desembarque do aeroporto.

Sapatos protetores

sapatilhas protetoras para mergulho

Sapatilhas protetoras para mergulho

Há um sapato de neoprene e sola de borracha, do qual você nunca ouviu falar, mas que em San Andrés é uma febre! Todos usam porque o mar tem muitas pedras e corais que machucam o pé. Dá para comprar lá ou aqui no Brasil em lojas específicas para mergulho.

Hospedagem

Só há dois albergues na ilha para se hospedar. Os hotéis do centro e próximos à praia principal estão mais próximos aos serviços, porém com menos tranquilidade. Se você procura descanso, veja um hotel perto da praia San Luis (foto abaixo).

 

 

Rua de San Andrés, com casa coloridas e o mar ao fundo

Leia mais sobre a Colômbia:

O que fazer em San Andrés?

Como levar dinheiro para a Colômbia?

Cartagena, Gabriel Garcia Marquez, paixões e saudades

Medellín: os arredores do Metrô Universidad

Parque Tayrona em Santa Marta: minha experiência



Booking.com

*Reservando seu hotel por este link, sem nenhum custo extra pra você, eu recebo uma pequena comissão que ajuda a cobrir os custos de manutenção deste site! Obrigada!

6 comentários

    • planejoviajar 12 outubro, 2014 at 19:49 Responder

      Oi Ana!

      Fiz o curso em uma escola chamada Caribe Azul. Na época escolhi eles porque gostei da estrutura, não eram o mais barato. Gostei bastante. A moeda é o peso colombiano. Não tenho certeza se consegue pagar as coisas em dólar.

      Boa viagem!!! Ana.

  1. Ayla 14 janeiro, 2015 at 09:36 Responder

    Olá, obrigada pelas dicas!
    Viu, todas as praias são de corais e machucam o pé, ou tem praias com areia também??? rs
    Pergunto isso porque quando fui para Cuba estava um calor danado mas um dificuldade tremenda de entrar no mar, um pouco frustrante =/
    Obrigada, bjs!

    • anabeatriz 14 janeiro, 2015 at 09:46 Responder

      Oi Ayla! Tem praias de areia, mas mesmo essas tem pedras. Nao precisa ficar sem entrar no mar, usa aqueles sapatinhos de neoprene. Se nao encontrar aqui no Brasil para levar, nao se preocupe porque lá vende mais do que água mineral!
      Beijo e boa viagem!

Deixe uma resposta