Como é o passeio do Rio Preguiças?

O passeio pelo Rio Preguiças foi uma surpresa positiva da passagem por Barreirinhas, no Maranhão. Achei que seria só mais um passeio por um rio, vendo igarapés e mangues, paisagem similar à que se encontra em todo o litoral brasileiro.

Mas o Rio Preguiças é diferente. Ele cruza os lençóis maranhenses, e em sua margem há dunas entrecortadas por lagoas, vilarejos, e uma barra onde pode-se banhar no mar e em seguida tirar o sal num banho de rio.

duna no Rio Preguiças

Este passeio dura o dia inteiro, pode ser contratado no seu hotel, como os demais passeios em Barreirinhas. A agência busca no hotel e leva ao porto de onde saem as lanchas voadeiras.

 

Primeira Parada: Vassouras

É um vilarejo bem pequeno, na verdade só vi as barracas na beira do rio. Pode-se subir as dunas, e interagir com macacos que passeiam pelo restaurante tentando ganhar (ou roubar) um coco aberto para comer a carne, e brigando entre si cada vez que um é presenteado.

DSC06574

 

Segunda Parada: Mandacaru

Em Mandacaru ficam o farol de 35 metros onde tem-se uma visão 360° das redondezas, e as caipirinhas do Domingos (dica: ele é gremista, chegue elogiando o time gaúcho!). Quando o barco para no porto já somos recebidos por crianças de 7 ou 8 anos trazendo informações sobre o farol, o vilarejo e declamando poesia.

DSC06591

No início achei bem legal, imaginei que a escola local ensinava essas coisas para que as crianças valorizassem o lugar que moram, e quem sabe ganhar um troco. Mas depois percebi que eles só sabem declarar Gonçalvez Dias ("Minha Terra tem palmeiras onde canta o sabiá...") e cantar a música do Luiz Gonzaga (Ela só quer, só pensa em namorar...).

Meu amigo que foi lá 3 anos antes, disse que eles estavam declamando exatamente a mesma coisa. Um projeto educacional com potencial acabou virando um tipo de "mendicância cultural".

Independente disso, o farol é bem bacana. Eu que tenho pavor de altura só subi por ser de concreto, ou seja, firme. Subi numa boa, o sofrimento foi na hora de descer, mas eu sobrevivi e valeu super a pena.

DSC06601

 

Terceira Parada: Caburé

Esta é a parada mais longa. Os passeios param por cerca de 3 horas em Caburé, onde é servido o almoço (não incluso no preço do passeio). O bacana de Caburé é que por estar bem próximo à foz do rio, pode-se tomar um banho de mar, e em pouco passos tomar banho de rio. O mar é bem agitado, não é muito convidativo para banho, mas vale pular umas ondinhas e apreciar o visual. É uma faixa de areia bem longa que vai praticamente até o Piauí.

Em Caburé tem umas pousadas bem simplezinhas. Se você quer sossego e curtir uma noite no meio do nada, leve as malas e fique por lá. Quem sabe você já combina com o barco de voltar quando ele passar por lá no dia seguinte. No blog Turomaquia tem um texto legal sobre este lugar, que cita textos de outros blogs, para completar a sua decisão de ficar ou não.

DSC06621

O que eu fiz foi combinar de ele me deixar em Atins, onde fiz uma caminhada linda para conhecer o famoso Restaurante da Luzia. Depois conto essa parte.

No passeio normal você estará de volta a Barreirinhas no final da tarde.

5 comentários

  1. ANDREA 24 Abril, 2016 at 20:57 Responder

    Interessante seu relato, estive no passeio do Rio Preguiças, é fantástico !
    Muito bom poder divulgar as belezas do Maranhão, sou carioca estive em Lençóis em 2009 , tenho lindas lembranças.

    um abraço

    Andréa

  2. Clóvis 8 dezembro, 2016 at 20:16 Responder

    Gostei muito de ter conhecido os lençóis maranhenses, conhecido a cidade de Barreirinhas e a bela capital São Luis, única capital do Brasil, fundada pelos franceses. O nome São Luis foi posto em homenagem ao rei de França, que se chamava Luiz XV. Gostei muito, povo hospitaleiro e atencioso para com os turistas… Parabéns…!

  3. CARLINDA GUIMRÃES 20 Maio, 2017 at 17:55 Responder

    Acabei de chegar de São Luis. Conhecemos lençois maranhenses feito por uma empresa aérea. Foi inesquecível. Só o trajeto da cidade aos lençois é muito desgastantes. Mas valeu a pena o visual das dunas , os banhos nas lagoas transparentes. Ficamos até o por do sol…indescritível. Subi o farol da marinha do brasil em Madacaru, foi lindo ver lá de cima o encontro do rio e o mar. Em caburé fizemos um passeio à beira mar conduzida pelo nosso piloto do quadriciclo de 10 anos, Uma gracinha que nos levou até a desembocadura do rio preguiça até o mar, muito caldoloso e violento….confesso que tive medo de entrar nele. mas o lugar é lindo. outros passeios como o bóia cross não curtimos…achei perigoso e não se usa colete, nossa guia sofreu para nos ajudar durante o percurso, achei perigoso demais. Conhecemos também ~São josé Ribamar onde foi construida uma estátua de 17 metros de altura a 3a maior do brasil., chovia muito mas valeu. Goostei muito daquela região…no proximo visitaremos Alcantara, onde ali foi construido a primeira base de foguete no brasil.

Deixe uma resposta