7 motivos para conhecer Mendoza

19082014-IMG_2939

1- Mendoza é a capital argentina dos vinhos

Se você ainda não sabia disso, a próxima vez que tomar um vinho argentino, olhe o rótulo! A chance de ele ser de Mendoza é de uns 90%. A história da cidade se confunde com a história da vinicultura na região. As primeiras vinícolas datam dos primeiros anos de sua fundação.

O solo se mostrou perfeito para a variedade Malbec, representante de 60% dos vinhos produzidos ali. Também são produzidos Cabernet Sauvignon, Syrah, Tempranillo, e outros.

2- Mendoza fica ao pé da Cordilheira dos Andes

19082014-IMG_2902

Mendoza está localizada no Oeste da Argentina, bem próximo à fronteira com o Chile. A cidade fica bem aos pés da Cordilheira dos Andes. Mas ao mesmo tempo é um terreno plano. Como em todos os terrenos planos, o horizonte é distante. Assim, como em uma paisagem perfeita, os campos infinitos das plantações de uvas estão emoldurados com a Cordilheira dos Andes ao fundo.

3- Há vinícolas para todos os gostos

25082014-IMG_3031

É super bacana a produção dos vinhos que você está acostumado a tomar em casa com os amigos. Todas as vinícolas grandes tem tour guiados super interessantes. Para tornar a viagem um pouco mais completa, também é possível visitar as menores, quase artesanais. Os vinhos são uma delícia e a visita bem mais personalizada.

Se quiser uma experiência ainda mais divertida, alugue uma bicicleta e vá de uma vinícola à outra pedalando.

4- Mendoza tem o lindo parque San Martin

18082014-DSC00410

18082014-IMG_2895Para além das vinícolas, a parte urbana de Mendoza tem seus encantos. Um deles é o Parque San Martin. O Parque fica bem próximo ao centro da cidade, tem um lago e amplos gramados onde os mendocinos vão no final da tarde para correr ou tomar o argentiníssimo mate.

Dentro do parque há um museu, o estádio de futebol da cidade, e uma colina de onde é possível ter uma vista panorâmica da cidade.

Vale a visita!

 

5- Com sorte é possível esquiar em Mendoza

20082014-IMG_2955

Bem próximo a Mendonza estão as estações de esqui Las Leñas e Penitentes. A primeira é mais estruturada, mas está um pouco mais longe. A segunda é mais próxima, porém depende que o inverno seja bem frio e haja bastante neve para abrir. Em 2013 abriu por apenas 15 dias, e em 2014 não abriu para a temporada.

Mas, quem sabe no ano da sua viagem seja diferente?

6- O Pico do Aconcágua está ali perto

IMG_2973-1

De Mendoza saem passeios para visitar a Ponte Del Inca e o mirador do Aconcágua. A Ponte é uma formação geológica única no mundo, uma passagem petrificada sobre o Rio Vacas.

A poucos quilômetros é possível ver de longe o segundo ponto mais alto do planeta, o Cerro Aconcágua. No verão o passeio inclui uma caminhada pelo Parque Nacional que guarda esse patrimônio. No inverno o parque fica fechado e é possível contemplá-lo apenas do mirante.

Puente del Inca

Puente del Inca

O passeio se chama Alta Montaña, dura o dia todo e tem saídas diárias de Mendoza. Contrate em alguma das agências do centro.

7- Dá para combinar Mendoza com Santiago em uma linda viagem de ônibus

IMG_3061-1

Mendoza fica perto da fronteira com o Chile, mais ou menos na altura de Santiago. Assim, se quiser seguir a viagem pela rota dos vinhos vale combinar as duas na mesma viagem. Sugiro tomar um ônibus entre uma e outra para ir curtindo a paisagem impressionante. Veja algumas fotos aqui.

Leia mais sobre Mendoza:

Como visitar as vinícolas de Mendoza sem gastar muito

26 fotos incríveis da viagem entre Mendoza e Santiago

Leia mais sobre a Argentina:

Como levar dinheiro para a Argentina?

Circuito Chico de Bariloche em bicicleta

A segunda livraria mais bonita do mundo em Buenos Aires

 

 

RESERVE SEU HOTEL EM MENDOZA

*Reservando seu hotel por este link, sem nenhum custo extra pra você, eu recebo uma pequena comissão que ajuda a cobrir os custos de manutenção deste site! Obrigada!

 

 

Deixe uma resposta