26 fotos incríveis da viagem entre Mendoza e Santiago. (a 24 é a mais curiosa!)

Mendoza (Argentina) e Santiago (Chile) são conhecidas pela qualidade dos vinhos  que produzem. E talvez você não saiba que são bem próximas uma a outra. Só cruzar a Cordilheira dos Andes e pronto! heheheh

A viagem entre as duas cidades pode ser feita em ônibus num trajeto que dura 7 horas. E as paisagens, valem como um passeio!

(ao final, dicas para quem vai fazer o trajeto)

 

1) Vista da Cordilheira dos Andes na saída de Mendoza

IMG_3045-1

2) A impressionante cor do nascer do sol

IMG_2950-1

 

3) Outra do amanhecer

DSC00457-1

 

4) A represa de Potrerillos - Abastecimento de água de Mendoza

IMG_2954-1

 

5) A mesma represa vista por outro ângulo

IMG_0869-1

 

6) A calha do Rio Mendoza - É possível praticar rafting neste rio!

DSC00470-1

 

7) Após milhões de anos, a calha é muito mais larga do que o volume de água do Rio Mendoza

IMG_3046-1

 

8) A estrada corta as montanhas

IMG_0870-1

 

9) Os túneis da estrada antiga

IMG_0871-1

 

10) Uma ponte da estrada antiga

IMG_0873-1

 

11) Aos poucos vai surgindo a neve

IMG_0875-1

 

12) Da estrada dá pra ver de longe o Pico do Aconcágua, pico mais alto das Américas.

IMG_2973-1

 

13) Quanto mais subimos, mais a neve toma conta da paisagem

IMG_3051-1

 

14) O vilarejo de Las Cuevas, com apenas 12 habitantes. Último ponto da Argentina.

IMG_2974-1

 

15) Por fim, chegamos ao Chile!

IMG_0883-1

 

16) Mas ainda falta um pouco para Santiago...

IMG_0882-1

 

17) E a neve já dominou totalmente a paisagem!

IMG_3055-1

 

18) Fila de caminhões para passar pela Alfândega

IMG_0885-1

 

19) Mas o ônibus cortou caminho por essa estrada por fora do túnel! 

IMG_3052-1

 

20) Depois de uma alfândega demorada no alto da Cordilheira, chegou a hora de começar a descer

IMG_0887-1

 

21) A estação de esqui Portillo fica bem nos primeiros quilômetros do Chile

IMG_3057-1

 

22) Os meios de elevação passam por cima da estrada

IMG_0888-1

 

23) O Zigue-zague de 29 curvas na entrada ao Chile. Dá medo!

IMG_3061-1

 

24) O que? Alguém fazendo essa viagem a pé?!?!

IMG_3059-1

 

25) Os últimos quilômetros

IMG_3065-1

 

26) O Por-do-sol de boas-vindas a Santiago!

IMG_0897-1

 

Algumas dicas importantes!

Para ter uma melhor vista da viagem, tente marcar as primeiras poltronas do andar superior do ônibus. Compre a passagem com antecedência na rodoviária ou pela internet neste site. A desvantagem é que como vai de dia o sol vai ficar de frente o tempo todo. Mas eu acho que compensa.

No inverno a passagem pode estar fechada por vários dias. Quando eu li isso, achei que não aconteceria comigo já que 2014 foi um inverno bem quente, sem neve. Mas lá no alto da Cordilheira a história é outra.

Fiquei 3 dias presa em Mendoza e perdi todos os passeios que ia fazer em Santiago. Assim, se tem algum compromisso importante, tenha isso em mente.

A imigração do Chile é bem complicada. Se você está entrando no Chile, não leve frutas ou outro tipo de comida não industrializada, pois terá que jogar fora na aduana.

Depois de carimbar os passaportes de saída da Argentina e entrada no Chile, você passará para uma sala onde a sua bagagem será vistoriada por cães farejadores, e depois passada no Raio-X. Não adianta tentar "esquecer" alguma coisa dentro do ônibus, porque os cães revistam o ônibus também.

Cuidado com pessoas pedindo para você passar alguma bolsa delas em seu nome. Elas dizem que é porque excederam o limite de compras permitido, mas nunca se sabe. Aliás, nunca leve nenhum volume de alguém que você não conheça em uma aduana.

Mapa Mendoza Santiago

 

 

Leia Mais sobre a Argentina!

Como levar dinheiro para a Argentina?

Como é o passeio do Circuito-Chico de Bariloche - em bicicleta!



Booking.com

* Reservando seu hotel por este link ganhamos uma pequena comissão, sem nenhum custo extra para você, que nos ajuda a cobrir os gastos de manutenção deste site. Obrigada!

58 comentários

  1. Rafael Sette Câmara 30 outubro, 2014 at 14:45 Responder

    Que fotos lindas! Já estive nas duas cidades, mas nunca fiz esse percurso de ônibus.

    Fiz o passeio Alta Montanha, que parte de Mendoza e percorre parte dessa estrada. É uma das mais lindas que já vi na vida.

    Abraço!

  2. Marcos 8 Março, 2015 at 12:34 Responder

    Muito bonitas as fotos! Em que época você foi? Vou agora no final de maio e gostaria de pegar um pouco de neve na estrada.

    • anabeatriz 11 Março, 2015 at 20:17 Responder

      Oi Marcos! Eu fui no inverno, final de agosto. Acho que em maio, como ainda não começou o inverno, deve ter pouca. Mas boa sorte! Depois passa aqui para contar como foi!
      Abraço!
      Ana

  3. Ana Paula 6 Maio, 2015 at 10:33 Responder

    Bom dia!

    Estou com planos de viajar de São Paulo à Santiago de carro em julho.

    Entretanto estou com muitas dificuldades de encontrar informações acerca das condições das estradas no inverno.

    Vi em seus comentários, que você foi em Agosto, e teve problemas com a travessia entre Mendoza e Santiago. É isso mesmo?
    O percurso chega a fechar por muitos dias? Você tem ideia do quão perigoso ele se torna?

    Muito obrigada!

    • anabeatriz 6 Maio, 2015 at 11:11 Responder

      Oi Ana Paula! A estrada é boa, asfaltada, mão dupla (não duplicada). Um trecho é um zigue-zague de 29 curvas, como você deve ter visto nas fotos. Mas acho que não chega a ser muito perigosa não. Basta ter cuidado.
      Quando neva na parte mais alta da montanha, a neve interrompe a estrada. Enquanto não para de nevar, não há como retirar a neve para a passagem dos veículos. Então ela fecha. Quando eu fui, ela ficou fechada por 3 dias, e quando abriu tinha bastante congestionamento, principalmente de caminhões de carga. Talvez seja melhor esperar para passar no segundo dia de abertura.
      Boa viagem!
      Ana.

  4. Francis Lima 4 agosto, 2015 at 22:53 Responder

    Estou pensando em ir no final outubro, será que vai ter bastante neve ou será o período de degelo?
    Durante a travessia eles param em alguns pontos para o pessoal tirar fotos ou pegar na neve? Ou seja, fazem uma travessia mais turística? Ou não?

    • anabeatriz 5 agosto, 2015 at 09:54 Responder

      Oi Francis! No final de outubro provavelmente não tenha tanta neve… O inverno termina no final de setembro.

      O ônibus não pára para tirar fotos. Se você quiser fazer um passeio mais turístico, pegue o passeio “Alta Montanha” em Mendoza. Ele vai até uma parte do caminho e sim, tem parada para fotos.

      Abraço! E boa viagem!

  5. Andre 6 Janeiro, 2016 at 14:45 Responder

    Oi Ana! Você acha que o Tour a montanha partindo de Mendoza pode ser dispensado, já que irei fazer essa viagem de Onibus entre Mendoza e Santiago? Será que nesse tour são visitadas outras paisagens? Grato.

    • Ana Beatriz 9 Janeiro, 2016 at 10:18 Responder

      Oi André! Não, eu não acho que substitua, porque no tour Alta Montanha o grupo vai parando e descendo para tirar fotos dos lugares. A Puente del Inca por exemplo nem dá para ver da estrada. Se você não fizer o passeio, fizer só o trajeto de ônibus, vai poder curtir bem a paisagem, só isso! Abraço! Boa viagem!

  6. Fabiano 21 Janeiro, 2016 at 10:03 Responder

    Olá

    Estarei fazendo esse percurso, chego no aeroporto de mendoza logo pela manhã e gostaria de saber se consigo sem problemas comprar a passagem na hora, ou devo compra-la pela internet?

    • Ana Beatriz 22 Janeiro, 2016 at 13:58 Responder

      Oi Fabiano! Eu comprei pela internet, mas acredito que é possível encontrar passagens na hora. Depende muito da época que você vai. Se for alta temporada, melhor não arriscar!

      Abraço! Ana.

    • Ana Beatriz 18 Fevereiro, 2016 at 21:01 Responder

      Oi Fernanda! Nossa, de carro será uma viagem maravilhosa! Vocês poderão parar em vários pontos no caminho.

      Então, esta altitude durará pouco tempo, é só no ponto mais alto. E reação à altitude é algo muito pessoal. Tem gente que não sente nada, tem gente que sente só uma dor de cabeça, já tem gente que passa bem mal. Acredito que como estarão dentro do carro, não farão nenhum esforço, vocês não vão sentir muito. Talvez só quem estiver dirigindo.

      Mas vai tranquila que vai ser ótima! E quando voltar conta tudo para gente, ok? Beijo!

  7. Tamires 15 Maio, 2016 at 14:04 Responder

    Olá! Adorei as fotos super show.
    Estou pensando em viajar em Dezembro deste ano, é uma data boa? Quero primeiro ir para Santiago, depois ir para Mendoza, é possível fazer um bate-volta? Obrigada

    • Ana Beatriz 24 Maio, 2016 at 17:53 Responder

      Sim, é possível ir e voltar, mas não no mesmo dia. A viagem de ônibus dura umas 8h, talvez mais por causa da imigração. Então tem que ir e voltar depois de uns dias.

      Abraço!

  8. wender 18 Maio, 2016 at 16:14 Responder

    Olá… desculpe a ignorância, mas quando é a epoca de alta temporada? Estou pensando em fazer esse trecho em agosto/2016, adoro viajar de onibus e quando li esse artigo fiquei com muita vontade de ir para o chile apenas para fazer santiago x mendoza rsrsrs

    • Ana Beatriz 24 Maio, 2016 at 17:54 Responder

      Pense temporada alta como férias, e as datas são as mesmas do Brasil: julho e janeiro.

      Vai sim, essa região é linda, dá para tomar muito vinho!

      Abraço!

  9. Priscila 21 Maio, 2016 at 16:49 Responder

    Olá, Ana! Suas fotos são lindas, e o relato foi de grande ajuda! Estou pensando em fazer a travessia da fronteira de ônibus também, na primeira quinzena de agosto. Será que é grande o risco de ter problemas com a estrada fechada? Minha idéia inicial era ir para Buenos Aires, e de lá seguir para Mendoza, e depois Santiago, sendo que voltaria para o Brasil de Santiago, mas começo a repensar a idéia pelas chances de fechamento da estrada. Talvez compre ida e volta de Buenos Aires, e se a estrada tiver ok vou para Santiago e volto….

    • Ana Beatriz 24 Maio, 2016 at 17:52 Responder

      Oi Priscila! Risco tem, mas eu acho que vale a pena ir no inverno e pegar a estrada coberta de neve. Se estiver fechada, espera alguns dias que logo abre. É só não ir com planos muito apertados, deixa um espaço para improvisar!

      Abraço!

  10. Ricardo 5 julho, 2016 at 11:49 Responder

    Viajei de moto em abril/maio de 2016 de moto para lá saindo de Brasília. Saímos dia 21 de abril e, por incrível que pareça, quando chegamos em Mendoza (6 dias depois) soubemos que a estrada estava fechada por causa da neve. Esperamos um dia a mais em Mendoza e seguimos no dia seguinte. Passamos pelas Cordilheiras e vimos muita neve. Fomos até Santiago e Viña del Mar. Na volta, pegamos ainda mais neve nas Cordilheiras e estavam mais lindas ainda as paisagens. Disseram que essa época em que fomos é muito raro nevar por lá, mas tivemos a felicidade de curtir a neve. Show de bola. Ano que vem quero retornar lá de moto.

  11. Peter 29 julho, 2016 at 16:45 Responder

    Parabéns, bem legal o seu blog, e as fotos são bonitas.

    Estou indo no dia 17, você sabe me dizer se vou ver (para brincar) neve em Farellones e Portillo?
    Vou alugar carro, será que é necessário correntes, você sabe ?

    Já aluguei em Bariloche quando fui, mas foi no inicio de setembro, não precisei de correntes.

    Abraços

  12. Paulo e Isolde 22 agosto, 2016 at 18:29 Responder

    Fomos de carro de Panambi-RS até Mendoza, início de Agosto deste ano(2016). Havia bastante neve, desde os 1.400mh. Dois anos atrás, fomos de ônibus excursão, final de outubro, até Santiago, e só vimos neve acima dos 3.000mh. Este ano caiu muita neve final de maio e todo o mes de junho. Em alguns lugares, chegou a acumular até 6 metros de espessura da camada. Pela metade de setembro está previsto o final da temporada nas estações de Esqui (Los Penitentes, Las Cuevas e Las Leñas, que são os principais de Mendoza). Pretendemos voltar a Mendoza nos próximos anos. Gostos não se discute, mas achamos muito mais bonita a Cordilheira do Lado Argentino. Não tendo planos de ir para o Chille, dá prá ir no final de julho, ou no início de agosto, evitando a alta temporada. Também preferimos os vinhos “Mendocinos” aos chilenos. Isolde e Paulo.

  13. Jorge Pedreira 1 setembro, 2016 at 23:34 Responder

    Olá Ana, boa noite!
    Amei as fotos e as suas importantes dicas.
    Estou pensando em fazer esse trajeto de carro, e gostaria de saber se na Rodovia tem postos de abastecimento, restaurantes, hotéis, etc…

    • Ana Beatriz 22 setembro, 2016 at 22:46 Responder

      Oi Jorge! Tem sim, toda a estrutura! Tem alguns povoados no caminho onde você pode abastecer o carro, fazer paradas para comer e descansar!

      Abração!

    • Ana Beatriz 22 setembro, 2016 at 22:42 Responder

      Oi Vania, setembro é o final do inverno, então deve ser bacana porque tem neve acumulada! Fora isso a região é sempre linda, independente da época!

      Boa viagem!

  14. Cecília 16 setembro, 2016 at 09:53 Responder

    Olá Ana! Estou pensando em ir no final de Março, ano que vem. Sei que é verão, mas será que ainda vejo um pouco de neve no alto das montanhas? Ou no verão os picos ficam totalmente sem neve?
    Outra questão é, sendo em Março acho que não teríamos nenhum problema quanto à fechamento da estrada, certo?
    Obrigada!

    • Ana Beatriz 22 setembro, 2016 at 22:39 Responder

      Cecília, eu acredito que o alto dos picos mais altos terá alguma neve no verão. E acredito que a possibilidade de fechar a estrada seja pequena, já que não há tempestades de neve durante o verão.

      Abraço!

  15. Augusto Neves 7 novembro, 2016 at 12:32 Responder

    Olá, goataria de saber se os ônibus que fazem a travessia dos andes param no início do ano. Gostaria de sair de Santiago ir até Mendonza e voltar no início de janeiro 2017.
    abraço

  16. Iza 27 novembro, 2016 at 10:25 Responder

    Oi Ana! Muito legal suas dicas! Gostamos muito mas precisamos um pouco mais da sua ajuda. Programamos uma viagem no final de março de 2017 que sai de Vinã Del Mar e vai até Mendoza e depois voltamos para Santiago. Vamos fazer esse trajeto de carro e gostaria de saber quais os pontos da rodovia que não devemos deixar de parar para fotos ou visitas. Teria alguma coisa a acrescentar sobre o trajeto para quem pensa em ir de carro?
    Obrigada

    • Ana Beatriz 12 Janeiro, 2017 at 09:20 Responder

      Oi Iza! O Mirante do Aconcagua e a Puente del Inca entre Santiago e Mendonza são bem bacanas.

      No mais eu acho que sempre vale a pena ter um mapa em papel, acho que mesmo com GPS nada substitui a perspectiva geral que o mapa em papel te dá para viagens em carro.

      E vai conversando com as pessoas, elas sempre tem as melhores dicas.

      Beijo! Boa viagem!

  17. Gerson 30 dezembro, 2016 at 10:41 Responder

    Oi Ana! Muito legal a sua viagem e suas dicas!
    Pretendo fazer essa viagem de carro incluindo o Uruguai.
    Na sua opinião seria melhor irmos em que sentido? De Santiago para Mendoza, ou de Mendoza para Santiago? Pois definirei um percurso no “sentido horário ou anti-horário” saindo de Curitiba.
    Obrigado, e um Ótimo 2017 para você e aos leitores!! 😉

    • Ana Beatriz 12 Janeiro, 2017 at 09:06 Responder

      Oi Gerson! Olha… sinceramente, não sei! Acho que tudo é bacana e diferente, e acredito que em ambos sentidos seja interessante.

      De repente deixando a ida mais direta, os trechos mais longos para a ida quando não estarão tão cansados, e mais paradas e descanso no retorno. Imagino que assim.

      Beijo!

      • Gerson 19 Janeiro, 2017 at 10:31

        Obrigado Ana!!
        Essa sua dica parece ser muito boa mesmo!
        Ouvi um senhor contando uma vez, que ele sempre fazia assim como você falou, saía direto para o destino e voltava parando e curtindo.

        Beijo!

  18. Jessica 23 Janeiro, 2017 at 16:52 Responder

    oi,Estou pensando em fazer esse percurso na segunda semana de agosto, será q posso ficar presa em mendonza? como faço para chegar a rodoviária para pegar esse ônibus? o acesso é fácil, pretendo me hospedar na região central de Mendonza e depois seguir para Santiago.

    • Ana Beatriz 4 Fevereiro, 2017 at 18:16 Responder

      Oi Jessica! Sempre existe o risco, mas Mendoza é tão lindo! Nem é tão ruim assim ficar preso lá por causa da neve!

      A rodoviária fica na cidade de Mendoza. Eu sempre prefiro ir de taxi para as rodoviárias, por causa da mochila, mas existe ônibus também, dependendo de onde você ficar hospedada.

      Abraço! Boa viagem!

  19. MARLON 21 Fevereiro, 2017 at 16:19 Responder

    OLÁ ANA, ESTOU PENSANDO EM IR NA SEGUNDA SEMANA DE JUNHO ATÉ SANTIAGO E DE LÁ, ALUGAR UM CARRO PARA ESTE TRAJETO. O QUE VOCÊ ME DIZ SOBRE AS CONDICOES METEOROLOGICAS DESTA ÉPOCA, E SE VALE A PENA IR DE CARRO, OU MELHOR IRMOS DE ONIBOS? obrigado

    • Ana Beatriz 26 junho, 2017 at 20:36 Responder

      Oi Marlon! Junho já começa o inverno e depende de cada ano para saber se pode haver neve que interrompa a estrada. Sobre ir de carro ou ônibus depende do que você está buscando, é muito pessoal! Verifique a previsão do tempo alguns dias antes de sair. Abração! Boa viagem!

  20. Max 21 Março, 2017 at 21:37 Responder

    Vou dia 10 de junho para Santiago
    Vou ficar três dias e no quarto seguir para Mendonza
    Será que consigo alugar um carro em Santiago e entregar em Mendonza ?
    Estou com receio do fechamento das estradas devido à neve
    Abraços
    Max

    • Ana Beatriz 26 junho, 2017 at 20:13 Responder

      Oi Max! Você tem que verificar esta informação com as locadoras de veículos. Como é outro país, acho pouco provável. Mas, realmente tem que verificar com as locadoras de veículos. Abraço! Boa viagem!

  21. Vanessa 1 Abril, 2017 at 08:37 Responder

    Olá Ana, vou fazer o percurso Santiago Mendonza agora no início de abril. Gostaria de saber se o clima é muito frio. É necessário roupas mais pesadas?

  22. Myrian Tasso 21 Abril, 2017 at 17:15 Responder

    Boa tarde!
    Pretendemos fazer o percurso de Mendonza para Santiago de onibus em julho porém fomos informados da nevasca, Tem alguma recomendação? Devemos cancelar a viagem nesse período? Ficar apenas em Mendonza?

    • Ana Beatriz 26 junho, 2017 at 20:01 Responder

      Oi Myrian! A única recomendação que posso te dar é ser flexível, e ter bom humor. EU fiquei 3 dias “presa” em Mendoza por conta da nevasca, roubou o tempo que eu tinha reservado para conhecer Santiago, mas eu não deixei isso estragar minha viagem, e tentei curtir Mendoza no tempo extra que eu ganhei lá! Abraço! Boa viagem!

  23. Eduardo 7 Maio, 2017 at 10:02 Responder

    Ana Beatriz,
    Só passei para lhe comprimentar. Você passa um bom astral. Parabéns e obrigado pelas dicas nos comentários.
    Paz e harmonia para voce.
    Eduardo

Deixe uma resposta