Salar de Uyuni: quanto custa conhecer este deserto?

Já fui à Bolívia 4 vezes. É sempre lindo e difícil. É um país com pouca estrutura para o turismo econômico. Às vezes vale a pena até dar uma "playboyzada" e escolher hotéis mais sofisticados ou a versão mais exclusiva dos passeios.

Para o Salar de Uyuni, você pode escolher a versão luxo, onde você vai sozinho (ou com o seu grupo, seu par) no carro com o Guia e fica em hotéis mais estruturados, ou pode fazer como a maioria das pessoas faz e ir no passeio econômico.

 

Passeio econômico para o Salar de Uyuni

Parada no hotel de Sal no Salar de Uyuni

Parada no hotel de Sal no Salar de Uyuni

O passeio econômico é feito em um carro utilitário adaptado para transportar 7 pessoas: 6 turistas mais o guia. O porta-malas vira mais um banco e a bagagem é transportada num bagageiro acima do carro. Ali vão as malas dos turistas, combustível (porque não existem postos de combustível no meio do deserto) e o que mais o Guia precisar levar.

O Guia é o motorista, nem sempre fala inglês, então se você fala inglês é bem capaz de ter que ajudar os turistas estrangeiros a entender as explicações. Ele também serve as refeições, que são preparadas nos alojamentos na noite anterior e enviadas em marmitas. O valor está incluído no preço do passeio.

O pernoite é em pousadas muito simples, em quartos compartilhados e há apenas um banheiro. Em algumas não há água quente, ou pode mesmo acontecer de você ter que pagar pelo uso do chuveiro.

 

Quanto custa o passeio?

Entrada do Parque Nacional Eduardo Avaroa

Entrada do Parque Nacional Eduardo Avaroa

Diferentes agências oferecem diferentes preços. Mas eles sempre estão dentro da mesma média:

700 bolivianos

No segundo dia você terá que pagar a entrada no Parque Nacional Eduardo Abaroa

150 bolivianos

O chuveiro nos alojamentos pode custar em média

10 bolivianos

Ônibus de La Paz para Uyuni

80 bolivianos

 

O câmbio do real em setembro de 2015, quando há uma desvalorização mundial de nossa moeda, estava em torno de Bs. 1,90 a Bs. 1,80. Consulte cotação no momento da leitura deste post.

 

Em reais os preços ficariam em torno de:

Passeio de 3 dias ao Salar: R$ 390

Entrada ao Parque Nacional: R$ 85

Banho: R$ 6

Ônibus de La Paz para Uyuni: R$ 45

27 comentários

    • Ana Beatriz 21 março, 2016 at 18:13 Responder

      Mariana, melhor comprar em Uyuni, poderá sair mais barato.

      Agência, não tem nenhuma recomendação especial. Converse com várias, e veja qual te passa mais confiança. No final das contas não tem tanta diferença entre o serviço das agências, e achar um bom guia é uma questão de sorte, não de escolher a agência.

      Abraço! Ana.

    • Ana Beatriz 26 outubro, 2016 at 21:33 Responder

      Oi Diego, cuidado com manchetes feitas para as redes sociais que fazem você acreditar que alguém vai pagar para você viajar, e você retribuirá com trabalho.

      Existem muitos programas em que você troca hospedagem por trabalho, e em alguns casos (cada vez mais raros), também a comida. O mais provável é que seja só a hospedagem.

      Muitos programas de trabalho voluntário, tipo trabalho humanitário em ONGs, etc, pode ser ainda que você tenha que pagar para trabalhar lá. Os parques nacionais da Costa Rica também cobram uma taxa por dia para você trabalhar como “voluntário” lá.

      Então, não, não existe uma forma de viajar totalmente de graça, apenas tem como gastar menos viajando assim.

      Beijo!

  1. ashley orlando 26 outubro, 2016 at 16:02 Responder

    Olá! Irei pra salar de uyuni no pacote de 4 dias, voltando para o Atacama no final de onde iniciarei a viagem. Queria saber onde posso conseguir pesos bolivianos no Atacama?

    • Ana Beatriz 26 outubro, 2016 at 21:37 Responder

      Oi Ashley! Acredito que as casas de câmbio de San Pedro tenham pesos bolivianos, já que é na fronteira.

      É bom mesmo levar uns trocados porque em algumas paradas do caminho dá para comprar água ou lanchinhos.

      Beijo!

  2. Graziela 13 novembro, 2016 at 00:32 Responder

    Olá, eu queria saber se tem como comprar a passagem de trem de volta para la paz em Uyuni mesmo? Se sim, você saberia dizer até que horas vendem essa passagem?

    • Ana Beatriz 13 novembro, 2016 at 13:00 Responder

      Oi Graziela! A passagem de trem é de Uyuni até Oruro, e de lá você precisará ir de ônibus para La Paz. Ou pode pegar um ônibus noturno direto de Uyuni para La Paz!

      Abraço!

  3. IVANA F 24 novembro, 2016 at 19:08 Responder

    Olá! Pretendo ir ao Atacama em outubro e os pacotes à Uyuni saindo de San Pedro, nas agências q eu orcei ta saindo 2 mil reias (em hotéis melhores, banheiro privativo e etc). Achei um absurdo! Gostaria de saber se indica alguma agência em San Pedro com preços menos abusivos. Obrigada.

    • Ana Beatriz 12 janeiro, 2017 at 09:22 Responder

      Oi Ivana! As agencias aqui no Brasil vao te vender pacotes com um serviço muito diferente do que vai encontrar como viajante independente. Prepare-se para perrengue, porque esta viagem no modo mochileiro é perrengue.

      Chegando a San Pedro você pesquisa, visita várias e conta com sua intuição para escolher a melhor. Esta é a dica.

      Beijo!

  4. Girlaine 6 dezembro, 2016 at 09:21 Responder

    Olá. Vou fazer o passeio no Salar, e depois ficarei no Atacama, por 2 dias. Vocês sabem qual a melhor forma de voltar a Lá Paz, não passando mais pelo Salar? Ouvi dizer que terei que ir a Calama. Alguém já fez essa rota?

    • Ana Beatriz 12 janeiro, 2017 at 09:13 Responder

      Sim, tem um ônibus por Calama que vai “direto”. Você vai cruzar a região, mas não mais como passeio e sim numa estrada normal. A outra possibilidade é voltar com o passeio, terminar em Uyuni outra vez e pegar o ônibus.

      Boa viagem! Abraço!

  5. Thiago Ribeiro 30 dezembro, 2016 at 15:28 Responder

    Boa Tarde Ana, estou organizando um mochilão para o Peru, Bolivia e Deserto do Atacama, minha duvida é a seguinte rsss…. chegarei em Lima, vou pernoitar por la mesmo, dia seguinte quero pegar um onibus ir ate Ica e Huacachina, mais uma pernoite, dia seguinte ônibus ate Cusco, dependendo do horário que eu chege em Cusco já quero comprar Ticket para no dia seguinte ir a Machu Picchu, pernoitar em Aguas Clientes, voltar para Cusco no dia seguinte, pegar um Busão ate La Paz, pernoitar por la , dia seguinte ir ate Uyuni , dependendo do horário ja inicio o passeio ate o deserto do Atacama de 3 dias, resumindo, quando voltar do Atacama pegar um Busão e voltar ate Lima, nao estou conseguindo distribuir os dias pela duvida, mas acho que no total serão uns 18 dias, e entre um pais e outro irei usar a forma mais economia ” Ônibus”, minha duvidas;
    1- Sera que a quantidade de dias é suficiente ?
    2- o passeio ate o deserto do Atacama de três dias vai ate que cidade do Deserto? o passeio acaba no Atacama ?
    ou voltamos todos Juntos para Uyuni ?

    • Ana Beatriz 12 janeiro, 2017 at 09:03 Responder

      Oi Thiago! Pelo que você está falando, você está contando que tudo vai dar certo, e que nada vai mudar seu rumo no meio do caminho. Viagens não sempre correm exatamente como planejamos, e no papel tudo é mais simples.

      As estradas nos Andes são super íngremes e com muitas curvas, e um trajeto de 1000 km pode durar 24h, o dobro que dura no Brasil. Ica a Cusco é super longe, Lima a Atacama também! Deve ser uns 3 dias de viagem. Enfim, se puder reservar mais dias, perfeito! Se não, corta lima, e talvez huacachina também, e fica só no trecho Atacama-Uyumi-Machu Picchu.

      Ah, Cusco é ótimo, vale a pena reservar alguns dias para a cidade. E o passeio Uyuni você tem a opção de voltar pra uyuni ou de terminar no Atacama. Você escolhe!

      BOa viagem! Depois volta para contar como foi!

      Beijo!

  6. Hemerson 4 janeiro, 2017 at 20:09 Responder

    Estou planejando ir em Abril na semana santa moro na cidade de Rio Branco Acre vizinho da Bolívia. Eu posso pagar tudo em dinheiro brasileiro lá ou tenho que trocar na Bolívia pela moeda boliviana ? E qual Roteiro eu pego saindo da cidade de Rio Branco ?

    • Ana Beatriz 12 janeiro, 2017 at 08:56 Responder

      Oi Hemerson! Na Bolívia vale mais a pena levar dólares e trocar por pesos bolivianos quando você chegar lá.

      A diferença é bem significativa.

      Abração!

  7. DANIEL FERRARI 13 janeiro, 2017 at 23:48 Responder

    Oi Ana, tudo bem?

    Fiquei muito interessado e cheio de dúvidas. Espero que você possa me ajudar.
    1) Onde temos que procurar pelas agências e como encontrar elas? É em La Paz mesmo?
    2) Quantos dias preciso para fazer o passeio contando com a minha saída e retorno para o Brasil? 5 são suficientes (1 para ir para Bolívia, 3 de passeio e 1 para voltar pro Brasil)?
    3) É possível começar o passeio por Cochabamba?
    4) Vc acha que se eu for sozinho consigo entrar em algum grupo ou corro o risco de não ser aceito por dificultar fechar o grupo de 6 no carro?

    • Ana Beatriz 4 fevereiro, 2017 at 19:27 Responder

      Oi Daniel! Se seu voo chega em Cochabamba vc vai ter que pegar um onibus para Uyuni, não sei se será muito fácil! Melhor pegar voo para La paz.

      Não se preocupe quanto ao grupo, a agência vai vender para você, e ela mesmo monta o grupo.

      Eu acho 5 dias muito apertado, porque não separa alguns dias para conhecer La Paz, e de repente Cochabamba também?

      Abraço! Boa viagem!

  8. marcia chinelato 14 janeiro, 2017 at 12:00 Responder

    Oi Ana. Meu caso é um pouco diferente da maioria. Meu namorado tem família em Oruro, de onde saem trens para Uyuni. Eu tenho muito medo das estradas, especialmente da BO, e tb por isso prefiro ir de trem. Já estou vendo os horários e tals. Vc sabe algo sobre essas viagens? No site http://www.fca.com.bo/servicioPasajero.php, dá impressão de ser um trem razoavelmente bom e pretendo comprar a passagem executiva para minimizar o sofrimento de uma viagem longa. Estando logo cedo em Uyuni, basta un dia para visitar ou dois seriam o ideal?

    • Ana Beatriz 4 fevereiro, 2017 at 19:25 Responder

      OI Márcia! Um dia você consegue visitar o Salar de Uyuni, mas se tiver mais dias pode visitar outros pontos lindos como as Lagunas Colorada e a Verde.

      Sim, já ouvi falar deste trem, parece bacana!

      Beijo! Boa viagem!

  9. Gisela 18 fevereiro, 2017 at 18:07 Responder

    Oi Ana!

    Vou para a Bolívia em Julho e quero fazer o passeio do Salar. Sabe me dizer se é comum chegar em Uyuni e comprar o salar para o mesmo dia ou para o dia seguinte? Fico com medo de não conseguir comprar e ter que “pular o passeio”. Pensei em comprar em La Paz, mas sei que é bem mais caro.

    Obrigada

    Gisela

    • Ana Beatriz 19 fevereiro, 2017 at 16:18 Responder

      Oi Gisela, vai tranquila! Vai ter várias agencias disputando você na própria manhã antes do passeio. Em geral eles começam às 10 da manhã, então entre 8h e 10h você tem tempo de rodar a praça central onde estão todas as agências e conversar com todas até achar a que mais te convenceu e fechar o pacote.

      Abraço!

Deixe uma resposta