Os 10 melhores destinos éticos do mundo

A Organização Ethical Traveler acaba de eleger os 10 melhores destinos éticos do mundo em desenvolvimento. São países que estão fazendo o trabalho mais impressionante de promoção dos direitos humanos, preservação do meio ambiente, bem-estar social e bem-estar animal, criando uma indústria do turismo de base comunitária. E, por isso, devem ser visitados. Em ordem alfabética, os países são Cabo Verde (foto acima é da Praia de Chaves/Shutterstock), Dominica, Granada, Micronésia (Estados Federados), Mongólia, Panamá, Samoa, Tonga, Tuvalu e nosso país vizinho, Uruguai. 

Cinco países foram removidos da lista: Lituânia, Chile, Ilhas Maurício, Palau e Vanuatu. O relatório também aponta como áreas de interesse para visitar a Tunísia, Ilhas Fiji e Botswana. E cita a Costa Rica em destaque especial, como país que a despeito das intenções e planos para resolver problemas não pode ser considerado um país ético para se visitar.

A Ethical Traveler existe desde 1996 e foi fundada pelo jornalista Jeff Greenwald. Com base na Califórnia, a instituição busca apontar como a ação do turista pode modificar o ambiente visitado, tanto do ponto de vista de impactos social quanto ambiental. O relatório tem base em em informações de fontes como Freedom House, Millenium Challenge Corporation, Repórteres sem Fronteiras, Unicef, Banco Mundial e os recursos LGBT.

O relatório destaca que nenhum país é perfeito e que estes são indicadores de reais mudanças que estão sendo feitas.

 

1 comentário

Deixe uma resposta