Lembranças de Minas na última hora

Se na última hora bater a vontade de levar uma lembrança de Minas e a viagem foi corrida, dá, sim, para achar artigos para dar de presente a preços acessíveis no Aeroporto de Confins, que serve a Belo Horizonte. 

A gente sabe que nas lojas de aeroportos tudo é mais caro, cerca de 30% a mais no preço, e não é diferente no aeroporto. “Aqui a gente tem um preço ‘diferenciado’”, disse-me a vendedora quando perguntei se ficava mais barato comprar uma cachaça numa loja em BH.

“É, eu sei, perguntei pra confirmar”, pensei comigo. Mas não é que, se houver tempo e curiosidade, dá para garimpar umas lembranças do mosaico mineiro bem bacanas e em conta? Veja a lista que fizemos pra você aqui no Planejo Viajar.

20150731_123610

Fotos: Marlyana Tavares

BALAS E DOCES

Doce em compota e um bom queijo têm lugar cativo nas mesas dos mineiros. Então, para adoçar o paladar, é boa ideia o pacote (150g) de bala de coco ou o doce de leite na palha (200g), por R$ 15, vindos de Araxá, no Triângulo Mineiro. Na Estação do Queijo.

 

 

20150731_122230

ÍMÃS

Não tem coisa mais barata e leve do que ímã para levar como presente. Estes são uma graça e a cara de Minas Gerais. Panelinhas e tachinhos de bronze a partir de R$ 12. Na Arte Minas.

 

 

NAMORADEIRAS                                 20150731_121923

Fabricadas em Tiradentes, as mini namoradeiras ficam lindas em estantes ou em cima de armários. Por R$ 28. Bonequinhas de cabaça com pinturas coloridas e as famosas galinhas entram na lista. Na Arte Minas.

 

 

CRISTAIS20150731_123151

Você até achar meio brega, mas eu acho lindos os cristais minerais, principalmente quando se leva em conta a energia curativa que deles emana. Por R$ 3 dá para arrematar um deles, mas o barato é olhar no catálogo quais são as propriedades de cada um e escolher de acordo com o seu estado de espírito da hora. A ametista, em destaque na foto, tem entreseus poderes o de curar a alma de perdas. Por R$ 17, comprei um anel de jaspe, pedra que encoraja a cautela, promove o equilíbrio e a clareza mentais. Na Ehven.

 

20150731_123908CACHAÇAS

Para aqueles que não abrem mão de uma branquinha, a dica é garrafinha de 169ml da premiada ouro Vale Verde (R$25). Envelhecida três anos no carvalho, a garrafa maior dusta R$ 85. A mais barata da Estação da Cachaça é a Guaraciaba (foto), com envelhecimento na umburana (R$ 50). Na Butique da Cachaça.

 

1 comentário

Deixe uma resposta