10 passos para fazer uma mala prática e leve

 

A férias vem chegando, hora de viajar. Como nem tudo na vida pode ser perfeito, arrumar a mala é sempre uma chatice. Carregá-la durante a viagen então.... nem se fala! Por isso eu gosto de viajar bem leve e evito ao máximo levar coisas que eu não vou precisar.

Para viajar leve não tem outro jeito! Tem que levar pouca coisa! Veja abaixo o passo a passo que eu sigo quando estou me preparando para viajar. Sempre funciona! Minha mala fica sempre bem pequena e eu sempre consigo me conter à bagagem de mão.

 1- Confiro a previsão do tempo

previsão do tempo

Com poucos dias de antecedência é possível ver a temperatura e se há previsão de chuva. Se quiser planejar com antecedência maior, procure informações sobre o clima e as médias de temperatura e precipitação para o mês no seu destino.

Ao saber isso, você não precisa levar roupas desnecessárias que vai acabar não usando. Outra dica é confiar na previsão do tempo e não na informação de amigos que moram no local. O tempo pode mudar de um dia para outro, e os amigos vão dar a informação dos dias anteriores, não dos próximos.

De qualquer forma, quando viajar para o frio, leve uma peça de calor; e quando for para um lugar quente, um casaquinho leve. Sempre tem um momento que você pode precisar. Mas só um, ok?

2- Separo uma mala pequena

malasA melhor forma de garantir que vai levar pouca coisa é escolhendo a mala antes, e não depois, de separar as coisas. Assim, no fim você tem que eliminar peso para caber na mala, ao invés de ter que pegar uma mala maior para caber tudo que você separou. 😉

 

3- Seleciono roupas de cores neutras

No primeiro momento eu seleciono tudo que te parecer interessante. Contudo, sempre dou preferência para cores que permitam várias combinações, sem estampas, etc. No caso das mulheres vestidos são boas opções por serem peça única.

pilhas de roupas4- Separo por tipo

Faça pilhas de calças, shorts, blusas, vestidos, biquínis, casacos, etc. Depois conte a quantidade de cada tipo, para saber o que está sobrando ou faltando.

5 - Repito o procedimento com os sapatos

Faça o mesmo com os sapatos. Separe todos os que achar interessantes. Mas também dê preferência para os que combinam com mais coisas. No fim, só vale a pena levar um de cada tipo, e depende do seu destino.

Um tênis, um sapato que sirva para o dia e para sair – de preferência confortável, e um chinelo são suficientes. Se for praia talvez o tênis não seja necessário. Mais que isso é exagero!

6- Elimino boa parte

Agora é a hora de eliminar. Das pilhas que você fez de roupas, deixe quantidade para uma combinação (bermuda/calça + blusa) por dia, até o limite de sete dias. Não tenha pena, retire boa parte do que separou. Tenha em mente que você não vai usar tudo, vai acabar repetindo roupa e não tem porque carregar peso à toa.

Se você for passar mais que sete dias, pense que usará a lavanderia, ou o banheiro do hotel para lavar roupa.

Scooby Doo Irônico (facebook)

7- Faço várias nécessaires pequenas

necessaire viagemVárias nécessaires pequenas são melhores do que uma grande, tanto na hora de encaixar nos cantinhos da mala, quanto na hora de procurar o que precisa.

Uma para o material de higiene bucal, outra para o banho (xampu, condicionador, sabonete), outra com remédios, outra com protetores solares, etc.

E vale para a nécessaire o mesmo minimalismo das roupas. Potes pequenos para xampu e perfume. Eu prefiro sabonete líquido porque não fica derretendo como o em barra. Dos remédios, leve apenas algumas unidades e abandone as caixas em casa.

8- Separo as maiores peças para ir vestida

Dessa forma abro espaço na mala. E também fico mais agasalhado pois avião e/ou ônibus sempre têm ar condicionado. Às vezes vamos preparados para a praia e morremos de frio no avião!

9- Monto a mala na ordem inversa do uso

Tente pensar o que você vai usar primeiro e deixe para o topo, e o que vai usar por último e ponha no fundo. Exemplo: se vai precisar trocar de roupa no avião ou no aeroporto, deixe a muda em cima; se vai chegar a noite, deixe o pijama em cima.

Vou distribuindo o volume pela mala, tentando otimizar o espaço. Nos cantinhos que sobram, coloco os sapatos enrolados em saquinhos e as nécessaires. Os pés dos sapatos podem ser embalados separados para ficar mais fácil encaixar.

10- Faço uma última revisão

Nesta revisão você pensa se não está esquecendo nada, e também se tem certeza de que não está levando nada a mais. Lembre-se de verificar se está com todos os documentos.

Muita bagagem 2

Alguns acessórios ajudam a diminuir o tamanho da mala. Toalhas superabsorventes, frasqueiras com potinhos pequenos para cosméticos, casaco impermeável, bolsa extra dobrável são alguns exemplos de itens pequenos e que quebram um galho em viagens.

Não precisa levar nada para um suposto imprevisto que você nem sabe se vai acontecer. Pense que em último caso dá para comprar no destino.

E a praticidade (leia-se falta de paciência com grandes bagagens) você vai adquirindo com o tempo. Quanto mais viajar, mais vai se conhecer e saber que objetos você usa e quais são dispensáveis quando sai de casa.

Espero que estas dicas tenham ajudado. Você tem outras dicas bacanas para uma mala prática?

Leia mais sobre dicas de bagagem:

Acessórios de Viagem

Porque e Como viajar apenas com bagagem de mão

9 comentários

  1. Bruna Zampieri 9 janeiro, 2014 at 14:27 Responder

    Ótimas dicas.. a parte de eliminar e revisar eu faço sempre, principalmente para viagens mais longas e/ou para lugares frios, pois temos que levar muitas coisas e geralmente elas ocupam muito espaço, mas há sempre algo que pode ser tirado da mala!
    Quanto à previsão, gosto também de conferir o histórico na Wikipédia, pois mostra as temperaturas médias, além das máximas e mínimas de anos anteriores e também tem informação sobre níveis de chuva e neve

    • planejoviajar 9 janeiro, 2014 at 14:31 Responder

      Oi Bruna! Obrigada pela visita e pelo comentário! No caso de frio o ideal é levar só um casacão que aguenta bastante, e levar poucos casacos menores. Mesmo assim dá para levar só a bagagem de mão!

  2. Claudia 20 outubro, 2014 at 01:00 Responder

    Eu tento fazer tudo isso que vc falou e no final acabo levando várias capivaras!!! rs A verdade é que amo viajar, mas detesto lidar com mala. Acabo socando tudo o que separei na cama na maior mala que encontrar e depois sofro com peso e com taxas de excesso….

    • planejoviajar 20 outubro, 2014 at 01:03 Responder

      Hahaha Cláudia! Também odeio lidar com a mala!!!! Cara, o segredo é desapegar! E quanto mais tempo tiver para fazer a mala, mais tempo vai pensar sobre ela e identificar as “capivaras”. Vou ficar torcendo para você sofrer menos nas próximas viagens! Abração!

  3. Micos de viagem: quem nunca passou por um? - Planejo Viajar 15 dezembro, 2015 at 11:49 Responder

    […] Depois dessa viagem nunca mais levei mala G. Só tamanho M, mesmo que vá para a "Conchichina". E a cada viagem que faço consigo reduzir um pouquinho mais a bagagem. Sempre dá para comprar algo nos destinos e usar, se faltar alguma coisa. Não precisa levar tuuuddoooo. Quem sabe consigo chegar no nível da minha parceira Ana Beatriz Serpa. Veja como ela consegue reduzir a bagagem neste post.  […]

  4. Camila 27 fevereiro, 2017 at 15:42 Responder

    A dica para as meninas é essa: Coloque tudo oq vc acha que vai precisar sobre a cama. Depois tire metade, e depois mais metade. E sempre que vier o pensamento de “e se eu precisar…”, lembre que vc pode comprar, pedir emprestado ou viver a aventura de ficar sem aquela coisa haha. Ah e também pode lavar as roupas que já usou, pq não tem essa de “repetir roupa” em viagens. É pra se aventurar e se divertir.
    Obs.: Dica de quem já fez mala pra duas semanas em 30 min.

    • Ana Beatriz 26 junho, 2017 at 20:32 Responder

      ahahahahaha Boa Camila! Isso mesmo! Roupa para no máximo 7 dias e mais que isso, use as lavanderias! Sim, nada de querer levar roupa na vibe “vai que eu preciso…” ahahah Viva a liberdade de carregar mala leve! Abração! Boa viagem!

Deixe uma resposta