Por que e Como viajar apenas com uma bagagem de mão?

O item da bagagem é sempre uma crise ao organizar a viagem. “Nunca sei o que vou querer vestir!”, “Não quero andar mal vestida em Paris!”, “Essa bolsa não cabe tudo que eu preciso!”, “Vou levar isso, vai que eu preciso...”, e por aí vai.

Eu sei que as expectativas de viagem são muito pessoais, e tem gente que prefere carregar uma mala gigante a não ter uma roupa por dia da viagem. Bom, eu sempre viajo apenas com bagagem de mão. Inclusive quando vou para uma viagem de 20 dias para um destino de frio. Vou dizer porque e como eu viajo só com bagagem de mão, e se você gostar, quem sabe decide experimentar em sua próxima viagem, né?

Por que?

Eu não gosto carregar peso!
E não gosto carregar peso mais do que não gosto andar desarrumada ou ter que repetir roupa nas fotos. Até com minha bolsa pessoal é assim. Quanto maior, mais coisa a gente põe dentro e mais pesada ela fica.

Tenho medo da mala extraviar
Eu tenho essa paranoia de que minha mala vai extraviar, mesmo nunca tendo acontecido comigo. Quando acontece na ida, você fica vários dias sem suas coisas, vai gastar comprando, e mesmo que o seguro esteja cobrindo é um tempão da sua viagem que você perdeu resolvendo esse assunto. Prefiro não arriscar!

Não preciso esperar na esteira de bagagem
Alguns aeroportos nem tanto, mas aqui em Brasília, por exemplo, 40 minutos esperando a bagagem é uma previsão otimista.

Acaba-se não usando tudo que levou
E é o maior sentimento de desperdício por ter carregado peso a toa. Mesmo nas minhas malas super minimalistas isso às vezes acontece.

Além disso, tem companhias aéreas de baixo custo que cobram por mala despachada, não despacha, não paga. E as malas despachadas às vezes passam por inspeção das polícias federais sem a sua presença, e você recebe a mala toda revirada.

 

Como eu faço?

 

As maiores peças vão vestidas no corpo
Isso vale para o sapato, o casaco, a possível calça jeans (nem sempre é necessária), etc. O que tiver de maior, que ocupa mais espaço, vista para a viagem, a mala já reduz a quantidade. De certa maneira tente administrar isso nos trechos intermediários da viagem.

Roupas que ocupam pouco espaço
Quando o destino é de praia é super fácil, a maior parte do tempo você vai estar sem roupa, então levo dois vestidos, um short jeans, algumas blusinhas e mudando as combinações você tem roupa para praia e balada.
Quando o destino é de frio, invista em roupas de frio que ocupam pouco espaço, como aquelas esportivas, ou roupas de meia para colocar por baixo, e etc.

Repetir roupa
Você já pensou que, na hora de ver as fotos, ninguém vai ter o roteiro da sua viagem para perceber que aquelas duas fotos que você tirou com a mesma roupa não foram no mesmo dia?
Sobre o casacão de frio, mesmo quem mora em lugares que faz muito frio acaba tendo só um e usa todos os dias. Leve um preto bem básico que sirva tanto para o dia quanto para a noite.

Dá para lavar roupa onde você for
Nós que não usamos esse serviço em nossas cidades tendemos a achar que são caríssimos. Vale a pena lavar roupa viajando para ter menos peso para carregar. Mas é importante se planejar bem, e não esperar que todas fiquem sujas para providenciar a lavanderia. Tenha algo limpo para usar enquanto sua roupa fica pronta. Pode demorar de uma manhã até a tarde, ou dois dias. Vale a pena consultar antes.
O que o pessoal faz é levar roupas para sete dias, o restante do tempo é com roupa que vai ser lavada lá, no próprio albergue ou em lavanderias.

Roupas básicas que permitem várias combinações
Se você tiver duas leggings e 3 blusas básicas, já são seis combinações, seis looks diferentes. Vai, se você quiser aumentar as opções leve um lenço ou algo que possa amarrar no pescoço e aumentar as combinações. (desde que ele não ocupe muito espaço!)

Nécessaire
Aqueles vidrinhos de shampoo de 100 ml servem para umas 3 ou 4 vezes. Se você vai precisar usar mais vezes do que isso, não leve. Se for passar 20 dias na praia, vai lavar o cabelo 20 dias e vai precisar de um pote grande. Economize espaço e compre por lá.

Outra dica legal, sabonete líquido é mais prático de armazenar do que em barra. O em barra fica fechado e vai derretendo. Quanto ao espaço segue a mesma dica do shampoo: dependendo da duração da viagem compre por lá ou use o sabonete do hotel.

Perfume: compre aqueles potinhos com spray pequenos, ou a versão viagem do seu perfume.
Bom, e por aí vai...

Sabe o que você pode fazer?

Vá a uma loja de malas e peça ao atendente uma mala que tenha o tamanho permitido nas cabines dos aviões. Aí compre e seja fiel a ela. Arrume sua mala subordinado ao que cabe nela. E se possível deixe um pouquinho de espaço, porque a mala na volta é sempre mais difícil de fechar do que na ida, e porque mesmo que você não seja muito comprador, sempre tem alguma coisa para trazer na volta.

2 comentários

  1. Gladys 19 novembro, 2016 at 13:25 Responder

    VC me ajudou muito!! Tbm sou paranóica com essa questão de mala. Kkkkkkkk prefiro não arriscar. Estou indo com o marido passar final de ano no Uruguai e percebi q o tamanho da mala não se encaixa p ser de mão( fiquei doida) valeu as dicas!!!

Deixe uma resposta