9 dicas para aproveitar as piscinas naturais de Maragogi

Atualizado em 2/02/2016

As piscinas naturais de Maragogi, a 140 quilômetros de Maceió, são o principal atrativo do lugar.  Realmente é impressionante que a seis quilômetros da margem surja um banco de areia com uma barreira de corais. Nas Galés, maior conjunto de piscinas da Costa dos Corais, você fica com água na altura da cintura na maré baixa e pode aproveitar bastante!

Mas há outras piscinas naturais. Valem muito a pena os passeios e, por isso, elegi essas 9 nove dicas para aproveitá-lo da melhor forma.

O fundo do mar é um lugar incrível, um mundo muito distinto do nosso, com cores mais vivas do que as câmeras subaquáticas são capazes de captar. Ou seja, é muito mais lindo do que você vê nas fotos e nos documentários. Outras sensações de quando se mergulha é ouvir apenas o barulho da sua respiração, é super relaxante!

Piscinas naturais de Maragogi, nove dicas

1 - Confira a tábua de marés

A dica mais importante é a tábua de marés da Marinha. É possível conferir no site qual vai ser o nível da maré e o horário da mais baixa no dia da sua visita. Assim, maré 0.1 significa o menor nível e até 0.3 é considerada bem baixa. Quando a maré estiver acima de 0,7 não saem passeios.

Os catamarãs se organizam para sair da orla a tempo de chegar antes do momento de maré mais baixa, assim o turista pode aproveitar enquanto está baixando e enquanto começa a subir novamente. O passeio dura 2h30, sendo 30 minutos para ir e voltar, e 1h30 nas piscinas.

2 - Catamarã ou lancha?

Embarcações de passeios às piscinas naturais de Maragogi

Embarcações de passeios às piscinas naturais de Maragogi

Fiz dois passeios em catamarãs, mas me disseram que em lancha você aproveita mais as piscinas, porque o tempo de deslocamento é menor e o tempo de permanência maior.

3 - Snorkel ou mergulho com cilindro?

Depende. Os barcos tem serviço de aluguel de snorkel, mas só vale a pena alugar se você não pretende usar o equipamento novamente. Se tiver interesse em mergulho, melhor ter o seu. Pelo preço de alguns aluguéis você compra um snorkel para chamar de seu. Fora que é bem mais higiênico do que usar um snorkel onde todo mundo coloca a boca. No comércio de Maragogi tem para vender.

Concentração de pessoas nas piscinas naturais de Maragogi

Concentração de pessoas nas piscinas naturais de Maragogi

Flutuei junto com as pessoas que estavam experimentando o mergulho com cilindro que oferecem no barco. Só tem graça se você nunca mergulhou e quer ter a sensação de usar o equipamento por cerca de 20 minutos. O rapaz te conduz pela mão, apontando os lugares mais interessantes e você só tem que conferir, submerso numa profundidade de cerca de 1 metro. Com snorkel eu consegui ver as mesmas coisas que eles. Avalie se compensa o valor.

4- Vá para mais longe

Para observar melhor os corais, tente afastar-se de onde as pessoas estão aglomeradas. Ao pisar no chão, elas levantam sedimentos de areia e a visibilidade fica muito, muito menor. Outro detalhe: mais próximo aos barcos estarão as pessoas que estão tirando aquelas fotos subaquáticas, onde os fotógrafos jogam ração para que os peixes se aglomerem.

Afastando-se alguns metros, sempre com cuidado, é claro, você vai poder curtir áreas quase exclusivas, com a água bem mais translúcida e peixes agindo mais naturalmente. Cuidado com a hora! Os barcos saem em 1h30!

 

5 - Pratique o snorkel antes

Piscinas Naturais de Maragogi

Piscinas Naturais de Maragogi

Se você não está acostumado a fazer flutuação (snorkeling) você pode sentir alguma dificuldade. Pratique um pouco ficar boiando de barriga pra baixo (é muito mais fácil que de barriga para cima) com a cara na água e respirando normalmente pela boca com o snorkel. Se entrar água, não se desespere. Simplesmente recomece. Depois que conseguir, nunca mais esquecerá.

E então comece seu passeio ao longo dos corais, tentando ficar o máximo de tempo flutuando sem pisar no chão, assim você não atrapalha sua visibilidade.

Se houver uma passagem com a água mais profunda e que você consiga flutuar por cima dos corais, experimente! É uma sensação bem diferente observá-los de cima para baixo.

6 - Não toque nos corais

Esta dica tem tanto o caráter de te proteger deles, mas de protegê-los de você também. Infelizmente, o pisoteamento é uma realidade, então faça sua parte. Corais são um dos ambientes naturais mais frágeis, e o rompimento de um pequeno pedaço significa décadas de calcificação perdidas. Além disso, nos corais vivem os ouriços, que podem te machucar.

Acho que os guias nos barcos deveriam dar mais informações sobre a preservação desse ambiente, e alertar mais os turistas e seus próprios funcionários a interagir com este ambiente de maneira mais sustentável.

7- Proteja-se do sol

Em alguns dias a maré baixa acontece próximo ao meio dia, com o sol na potência máxima. Vista uma camisa, mesmo que você não tenha aquelas de lycra específicas para esportes aquáticos. Suas costas ficarão 1hh30 expostas ao sol enquanto você flutua. Se for passar protetor solar, passe antes de entrar no barco, pois ele demora uns 20 minutos para penetrar na pele, caso passe na hora de entrar na água ele sairá e você poderá se queimar. Não esqueça das nádegas e da perna.

8- Leve uma câmera à prova d'água ou capa protetora para câmera

Eu achei muito caro o serviço dos fotógrafos para um resultado não tão satisfatório. Mas tem quem queira mostrar para os amigos suas fotos embaixo d´água, aí vai de cada um. Talvez uma boa solução seja tirar as fotos com sua própria câmera. Como o mergulho não é em profundidade, não tem necessidade de comprar uma câmera especial, uma capinha de plástico específica para a sua já quebra o galho.

Piscina Natural de Taocas

Piscina Natural de Taocas

9- Para qual piscina vamos?

É importante destacar que existem outras piscinas naturais em Maragogi: Galés, é a maior e mais conhecida. Mas as alternativas Taocas, Barra Grande e Barreira de Peroba, assim chamadas porque são mais preservadas e menos pisoteadas.

Estou dizendo isso porque eu fiz, em dias seguidos, o passeio para as Galés e para Taocas e, no segundo passeio, o guia não deixou claro para os turistas que estávamos indo para a lá, dando a entender que estávamos indo às Galés. Achei desnecessário e desonesto, porque as duas são igualmente lindas, e não há necessidade de fingir que estamos indo às maiores.

Isso acontece porque há um rodízio de barcos e catamarãs para visitar as piscinas, e nem todos os dias todos os barcos podem sair. Assim, neste dia o barco estava escalado no rodízio para ir a Taocas, e acho que não quis que alguém desistisse, ou escolhesse outro barco. Uma dica: pergunte sobre as piscinas no lugar onde estiver hospedado, aos gerentes ou donos de hotéis e pousadas. Você pode colher informações interessantes e descobrir pequenos e preservados paraísos.

Onde ficar

Há desde resorts com piscinas transadonas e regimes de meia pensão e pensão inteira a pousadas mais simples, como pode ver aqui. Clicando e comprando por este site, ganhamos uma pequena comissão que ajuda a manter os custos do Planejo Viajar

37 comentários

  1. DIMAS MIRANDA 1 Fevereiro, 2016 at 12:56 Responder

    Também tem a piscina do PICÃO a 1,5km da praia de Japaratinga( fica só a 10 km de Maragogi). Também é linda. Eu peguei a jangada em frente ao restaurante MAMA PEREIRA.
    Mais um pouco afastado de Maragogi tem também a piscina natural da PRAIA DO TOQUE em Sao Miguel dos Milagres ( 1,5 km também da costa) , fica a mais ou menos 35 km de Maragogi.
    Uma dica: PROCUREM IR NO DIA QUE A TABUA DE MARÉS ESTIVER 0,1 OU MENOS nessas 2 piscinas , pois aparecem bancos de areia e se formam lindas prainhas.
    No caso da praia do toque, peça ao jangadeiro para , na volta, parar em frente à Praia do Toque. è simplesmente linda essa praia.

  2. Joanilda Brito 1 julho, 2016 at 03:48 Responder

    Nunca mergulhei e estava com uma certa preocupação.Principalmente por conta do assedio que fazem com os turistas, sem conhecer como é realmente. Mas temos o passeios marcada para amanhã e ja estou bem mais tranquila. Obrigada.

    • Ana Beatriz 10 julho, 2016 at 12:35 Responder

      Que bom!!! Ficamos felizes de saber que nosso blog te ajudou a viajar mais tranquila! Se souber flutuar, não precisa pagar pelo mergulho com cilindro! Bobagem! Abraço, boa viagem!

  3. LIANA FREITAS 6 julho, 2016 at 17:17 Responder

    Olá Gostaria de saber o valor ( em média ) desse passeio a Galés por pessoa, vocês sabem informar?

    Obrigada.

    Liana

  4. Carolina 14 outubro, 2016 at 18:04 Responder

    Olá, Ana! Você fez o passeio por qual empresa ou restaurante ali da região? Estou indo pra lá no fim de outubro e não sei se já consigo deixar agendado o passeio ou se vale a pena ver no dia ou um dia antes, até para tentar um preço mais baixo, talvez.
    Agradeço desde já pelo retorno!

    • Ana Beatriz 26 outubro, 2016 at 21:30 Responder

      Oi Carolina, você pode reservar um dia antes, mais para a sua organização. Não acredito que você consiga desconto pela “antecedência”.

      Beijo!

  5. Michelle 23 dezembro, 2016 at 11:47 Responder

    Ana, excelentes dicas!!! Estou em Maragogi!!! Infelizmente hoje à maré está alta, sem passeios!!! A partir de amanhã 0,6…. Vamos esperar até chegar 0,3 na terça feira!! Super dicas muito obrigado… bjs

  6. Rose Duarte 5 Janeiro, 2017 at 01:18 Responder

    Olá Ana.
    Estou adorando suas dicas sobre Marogogi.
    Estou indo no Carnaval . Gostaria de saber de vc , onde posso encontrar o Guia das Marés nesse período ? Como faço pra planejar com a maré baixa?
    Vc tem esse programa da Marinha .
    Só sei que esse ano o Carnaval vai cair no final de Fevereiro.
    Fico aguardando uma resposta .
    Muito obrigada ! Bjos !

    • Ana Beatriz 12 Janeiro, 2017 at 08:51 Responder

      Oi Elinaldo, todas elas são boas para levar crianças. Igualmente.

      Não esqueça do protetor solar, ou daquelas camisas de lycra com fator de proteção. O sol queima mesmo.

      Abraço!

  7. Mary 17 Janeiro, 2017 at 09:18 Responder

    Oi Ana,
    vou para Maceió em dia 12 de julho, é uma boa data para aproveitar as piscinas naturais ou só vou pegar maré alta?

    Mary Lacerda

  8. Cristiane 21 Janeiro, 2017 at 08:08 Responder

    Olá Ana , vamos pra Maceió dia 31 e queremos muito ir a maragogi e vi que o melhor dia será 1/2 por causa da maré . Vc acha que devo reservar o passeio já ou deixo pra fazer isso quando chegar em Maceió , pois a maré pode mudar ?

    • Ana Beatriz 4 Fevereiro, 2017 at 18:19 Responder

      A Maré não vai mudar, porque ela é regida pela lua. Mas você pode deixar para reservar lá se for chegar alguns dias antes.

      Abraço! Boa viagem!

  9. vanessa rocha 25 Janeiro, 2017 at 10:23 Responder

    Bom dia, pretendo ir em março o que acha sobre esse mês lá? Outra coisa qual uma media de valores para o passeio nas piscinas? e vc tem alguma empresa para indicar?

  10. Ricardo Gonçalves 30 Janeiro, 2017 at 22:28 Responder

    Vou ficar de 14HS do dia 12/02 até 12HS do dia 14/02. O que sugere fazer para aproveitar o máximo este período?
    12 a tarde:
    13 o dia todo:
    14 de manhã:

    • Ana Beatriz 4 Fevereiro, 2017 at 18:09 Responder

      Oi Ricardo! O passeio às galés vai ter que ser dia 13, pois começa pelas 11h da manhã. Nos outros dias pode relaxar na praia, ou fazer um passeio de buggy.

      Beijo!

  11. Joseane Lima 15 Fevereiro, 2017 at 08:09 Responder

    Oi Vanessa adorei as suas dicas!
    Eu vou na primeira semana de Março, ia alugar um carro mas depois de ler sobre a estrada acabei me desencorajando e vou pela agência mesmo, você tem alguma dica de agência?

    • Edileusa 3 Março, 2017 at 14:14 Responder

      Fui ano passado e vou novamente dia 12/03, indico a Maragogi receptivos, tem no Facebook.Mas não achei a estrada ruim, inclusive dessa vez vou alugar um carro.

  12. Rodrigo Muniz 22 Março, 2017 at 11:58 Responder

    Você diz, por duas vezes, que achou injusto os valores de dois serviços, mas não diz quanto foi cobrado, ai fica difícil

  13. Franciane 7 Abril, 2017 at 16:36 Responder

    Oi Ana
    Estarei começo de maio em Porto de Galinhas e pretendemos visitar Maragogi no dia 07/05, quando a maré estará com 0,4 de altura.
    Gostaria de saber se com essa altura consigo visitar a Galé? Ainda, qual das piscinas naturais recomenda ir com essa maré? E após o passeio, o que mais recomenda fazer, antes de eu voltar para Porto de Galinhas?
    Abraço!

    • Ana Beatriz 26 junho, 2017 at 20:03 Responder

      Oi Francine! Esta maré está boa! As piscinas são todas lindas e bem bacanas, pode visitar qualquer uma que está valendo. Em geral as agências não deixam muito claro a qual elas estão levando o pessoal, mas realmente, não precisa se preocupar com isso. Abraço! Boa viagem!

  14. Lincoln Valeriano 15 Maio, 2017 at 16:37 Responder

    Ana, Olá.
    Estou indo no final de Julho 28/07 e volto dia 05/08 será dara pra mim aproveitar bem Maragogi?
    Estarei hospedado em Maceio, e farei um passeio a Praia do Gunga e do Frânces incluindo Maragogi..Ficou legal os passeio né !?

  15. Raphael 19 Maio, 2017 at 00:05 Responder

    Oi vo agora final de maio.. vi na tabua que a 2 mare baixa acontece as 13 horas 0.4.. alguem sabe me informar se saem passeios esses horários infelizmente nao me atentei a isso antes de fechar o pacote todos os dias a mare estao alta no periodo da manha uma pena tava indo pra la pra maceio so pra conhecer maragogi

    • Ana Beatriz 26 junho, 2017 at 19:54 Responder

      Oi Raphael! Os passeios sempre são baseados na tábua de marés e saem a tempo de pegar a maré mais baixa! Abraço! Boa viagem!

Deixe uma resposta